SBACV-RJ

Artigos

Recomendações para o controle laboratorial de pacientes anticoagulados com varfarina na pandemia de Covid-19

*Dr. Francisco João Sahagoff de Deus Vieira Gomes, Presidente da SBACV-RJ
**Dr. Marcos Arêas Marques, Diretor Científico da SBACV-RJ

A SBACV-RJ sugere as seguintes condutas para o controle de pacientes anticoagulados com varfarina:

  • Baseando-se nas recomendações de telemedicina, conforme publicação do CREMERJ, avaliar a possibilidade de monitoramento telefônico, por WhatsApp e e-mail para controle da anticoagulação, respeitando o isolamento social;
  • Desencorajar a ida à emergência em casos de sangramentos menores;
  • Em pacientes com INR estável, alargar o intervalo de mensuração em até 12 semanas;
  • Em pacientes com INR instáveis, avaliar a possibilidade da troca para um DOAC, após expor as vantagens e desvantagens ao paciente;
  • Paciente >60 anos, sugerir a possibilidade de coleta domiciliar ou o uso de dispositivos de portáteis de controle domiciliar (PoC – Point of Care);
  • A infecção por Covid-19 pode alterar alguns testes de coagulação em casos mais severos, inclusive o INR.