SBACV-RJ

XXXIV Encontro Carioca: temas científicos relevantes e renomados especialistas

Com 1.400 inscritos e 510 participantes simultaneamente, a primeira edição virtual do Encontro Carioca de Angiologia e de Cirurgia Vascular, realizado de 22 a 26 de setembro, foi um sucesso. O XXXIV Encontro foi marcado pelas palestras e debates dos principais temas científicos nas duas especialidades, que contaram com seis mesas-redondas, dois cursos, oito simpósios, além do Encontro dos Residentes de Angiologia e Cirurgia Vascular, com participação de diversos serviços e instituições do Estado do Rio de Janeiro. O evento teve como convidados internacionais os Drs. Artai Pirouzram (Suécia), Tal Martin Hörer (Suécia), Marcelo Guimarães (EUA), Rafael Malgor (EUA) e Charles J. Fox (EUA).

Na abertura do Encontro, foram apresentadas mensagens sobre a importância da realização do evento científico do Presidente da SBACV, Dr. Bruno Naves; do Presidente da Associação Médica Brasileira, Dr. Lincoln Lopes Ferreira; e do Presidente do Cremerj, Dr. Walter Palis Ventura. Para o Presidente da SBACV-RJ, Dr. João Sahagoff, o encontro virtual, realizado em cinco dias no período do final da tarde/noite, facilitou conciliar a participação com a rotina de trabalho, e ainda permitiu a participação de professores e colegas que não poderiam estar presencialmente.

– Pela primeira vez em edição virtual, o Encontro Carioca foi um sucesso de público e de conteúdo. Tivemos uma programação de grande relevância científica, com a participação da “nata” das duas especialidades no Brasil. Essa troca de experiências é muito importante para nossas atividades diárias – afirmou Dr. João Sahagoff.

Na principal programação do Encontro, foram realizadas as mesas-redondas:

Flebologia I, com os moderadores Drs. Breno Caiafa (RJ) e Daniel Drummond (RJ) e as palestras “Conceitos da hemodinâmica para flebologia de superfície” (Rodrigo Kikuchi – SP), “Da estética à doença: quando as pequenas varizes ‘falam’” (Fabrício Santiago – GO), “Fatores relacionados a complicações e insucessos no tratamento ablativo de safenas” (Walter Boim – PR) e “Profilaxia do TEV na cirurgia de varizes” (Alcides Araújo – DF).

Temas Relevantes, com os moderadores Drs. Almar Assumpção (RJ) e Cristiane Araújo (RJ) e as palestras “Uso dos dispositivos de trombectomia mecânica rotacional nas oclusões arteriais e venosas” (Tiago Coutas de Souza – RJ), “quais os benefícios dos stents miméticos para o tratamento da doença arterial obstrutiva periférica” (Marcelo Lacativa – RJ), “Compressão em feridas: o que eu preciso saber?” (Bernardo Cunha Senra Barros – RJ), “Abordagem multifatorial em úlceras venosas complexas de difícil cicatrização” (Eliud Garcia Duarte Júnior – ES), “Trauma da artéria poplítea: uma reavaliação da abordagem posterior / Popliteal artery trauma: a reappraisal of the posterior approach” (Charles Fox – EUA), “Recanalização endovascular da oclusão venosa central complexa” (Marcelo Guimarães – EUA) e “Resultados do REBOA. É realmente promissor? / REBOA results. Is it so good?” (Tal Hörer – Suécia).

Controvérsias na revascularização carotídea, com os moderadores Drs. Carlos Peixoto (RJ) e Sergio Meirelles (RJ) e as palestras “Tratamento clínico: como proceder para placa de 70% e vulnerável com AIT estabilizar e evitarmos a abordagem invasiva? E podemos confiar?” (Márcia Morales – SP), “tratamento endovascular: quais parâmetros utilizo para selecionar os materiais que utilizo, de A a Z?” (Alvaro Razuk – SP), “Cirurgia direta: quais parâmetros utilizo para escolher a técnica para a cirurgia aberta: de A a Z” (Arno von Ristow – RJ) e “Revascularização arterial transcarotídea. Princípios, dicas, truques e armadilhas” (Rafael Malgor – EUA).

DAP de Membros Inferiores, com os moderadores Drs. Rafael Malgor (EUA) e Felipe Frascescutti Murad (RJ) e as palestras “Revascularizações femoropoplíteas, casos desafiadores” (Marcus Gress – RJ), “Revascularizações distais, casos desafiadores” (Cristina Rigueti – RJ), “Angioplastia ilíaco-femoral via radial” (Marcelo Guimarães – EUA) e “Complicações vasculares na Covid-19” (Julio Peclat – RJ).

Controvérsias e desafios do AAA Justarrenal: em colos de menos de 10 mm de comprimento qual técnica tem os melhores resultados em curto e médio prazo?, com os moderadores Drs. Arno von Ristow (RJ) e Artai Pirouzram (Suécia) e as palestras “Aneurisma de aorta roto. É possível realizar totalmente por endovascular sempre de rotina?” (Tal Hörer – Suécia), “Cirurgia aberta” (Alexandre Anacleto – SP), “A endoprótese de ultrabaixo perfil deve ser utilizada somente em acessos desafiadores?” (Julio Peclat – RJ), “Endoprótese fenestrada” (Marcelo Ferreira – RJ), “Fixação com endoâncoras” (Guilherme Meirelles – SP) e “Endopróteses paralelas” (Armando Lobato – SP).

 Flebologia II, com os moderadores Drs. Guilherme Peralta Peçanha (RJ) e Leonardo Stambowsky (RJ) e as palestras “Técnicas térmicas x não térmicas: onde estamos? Para onde vamos?” (Rodrigo Kikuchi – SP), “Laser transdérmico de uso direto. Resfriamento, realidade aumentada e Laser no mesmo aparelho. Exotherme” (Bernardo Senra – RJ), “Ablação química das safenas: dicas e truques” (Eduardo Trindade – RJ), “Smart science – O uso prático das evidências científicas na otimização do tratamento de varizes” (Bernardo Senra – RJ), “A flebologia estética do século 21: qual o papel do trivial?” (Fabrício Santiago – GO) e “Porque a técnica Clacs pode mudar a sua vida e o seu lifestyle?” (Kasuo Miyake – SP).

Dois cursos teóricos complementaram a programação principal do Encontro: de ecografia vascular em flebologia, organizado pelos associados Adriana Vasconcelos, Clóvis Bordini Racy Filho e Wanderbilt Duarte de Barros Neto; e de laser transdérmico, organizado pelos associados Eduardo Trindade e Daniel Drummond.

Os simpósios foram promovidos pelas empresas Tecmedic, Bayer, Aché, Venosan, Exclusiva, Porto Surgical/BD e Rio Médica.

No final do Encontro, foram sorteados dois livros – “História por trás da História” e “Cirurgia Endovascular – Guia Prático” -, oferecidos pelo Dr. Marcelo Lacativa, que tiveram como contemplados os Drs. José Fernando Leite da Silva e Paulo Eduardo Lande dos Santos, respectivamente.